Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
As delícias do Dudu
As delícias do Dudu

26

abr

2016

Nhoque de baroa ao molho funghi e brócolis



por Thais Ventura em Acima de 1 ano, Alimentação Saudável, Receitas, Salgada, Segredos da Cozinha, Versões Caseiras |

Se te uma coisa que amo é molho funghi, mas confesso que nunca tinha me aventurado a fazer, sempre comia quando era fora de casa, não sei porque nunca tinha tido a ideia “gênia” de fazer em casa, rs e como qualquer grávida que sisma com comida, eu tô nessa com funghi, como não posso comer fora todo dia por motivos de que precisamos economizar pro parto rs, resolvi botar a mão na massa, mas queria comer com algo que eu gostasse muito, enfim tá ai, nhoque de baroa com molho funghi e brócolis que sem falsas modéstias ficou melhor do que os que já comi por ai…

Começo mostrando o Funghi secci é com ele que se faz o molho, existem diversas marcas diferentes… Usei esse pacote todo que vem com 50g.

 

1

 

A primeira coisa a se fazer é hidratar o funghi, eu fervi um pouco de água e coloquei de molho, a “cara” dessa forma não é das melhores, mas o cheiro hummm quase comi assim mesmo hahahhaa… Vamos deixar ele ai até a hora de usar…

 

2

 

Cozinhar a batata baroa (mandioquina, batata salsa…) na água já com sal…

 

3

Devia ter 1kg de batata mais ou menos e pra essa quantidade uso 1 ovo e 100g de farinha de trigo (dá pra fazer com farinha integral, nunca testei com farinha sem glúten).

Amassar a batata e misturar o restante dos ingredientes…

O sal já estava na batata cozida lembra 😉

 

4

 

A massa fica assim meio mole ainda, mas não coloque farinha demais porque senão fica igual aqueles nhoques que você come na rua com gosto só de farinha horríveis, não se preocupe que a massa ainda gruda nas mãos, iremos dar o ponto dela na hora de enrolar ok?…

 

5

 

Higienize uma bancada um espacinho liso pra poder enrolar e cortar o nhoque…

Coloque farinha, e vá pegando a massa aos pouquinhos e enrolando por cima dessa farinha polvilhada, a massa não grudará nas suas mãos e não terá farinha em excesso essa parte de fora quando cozinhar ficará na água…

Corte o tamanho desejado do nhoque depois de fazer “minhocas” de massa…

 

6

 

Faça assim até acabar, coloque em um recipiente também polvilhado com farinha pra não grudarem.

 

8

 

Para cozinhar basta ferver a água, colocar aos poucos os nhoques e retirar assim que subirem…

 

9

 

Prontinho…

ps. a massa congela bem assim, na hora de descongelar é preciso ferver uma água e colocar pra que as bolinhas se soltem…

 

10

Pro molho:

Como essa receita é uma mistura de todas as receitas que vi por ai, resolvi fazer do meu jeito rs…

Espremi o funghi pra retirar o excesso de água e triturei no mini processador pra ficarem bem pequenos, eu confesso que os acho meio borrachudos e pensei que assim não teria esse problema com a textura e realmente não tive…

 

11

 

Em uma panela, coloquei uma colher de manteiga generosa, meia cebola picada em cubinhos e deixei dourar um pouco…

 

12

 

Adicionei uma colher de sopa cheia de farinha de trigo e misturei…

 

13

 

Uma xícara de leite e deixei engrossar bem…

 

14

 

Sabe aquela água do molho do funghi? então olha ela ai, devia ter mais ou menos meia xícara dessa água e coloquei junto pra engrossar…

 

15

 

Adicionei o funghi trituradinho…

 

16

 

O brócolis já cozido e picado…

 

18

 

E o toque final…

200ml de creme de leite fresco (aquele de garrafinha que fica na geladeira do supermercado e é só creme de leite, sem ingredientes bizarros como os de caixinha)…

 

19

 

Acertei o sal ao meu gosto…

E ficou o melhor molho funghi que já comi… =)

 

20

 

Por cima caprichei no parmesão ralado na hora…

 

21

 

 

Cozinhar é um ato de amor e comer é também um ato de prazer….

 

Bom apetite a todos!!!!

Destaque do Mês

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.