Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
As delícias do Dudu
As delícias do Dudu

11

mar

2012

Um alerta



por Thais Ventura em Alimentação Saudável |

Esse assunto tem me deixado bastante preocupada, pois tenho visto se tornar cada dia mais frequente.
Hoje Domingão, acordei as 6 da matina com esse texto batendo na minha cabeça e pedindo pelo amor de Deus pra vir parar aqui no blog, sinceramente, não ia escrever sobre isso, porque tenho certeza que muita gente vai pensar: quem é ela pra poder falar desse assunto. Então antes que alguém pense isso, já vou falar quem eu sou. Sou mãe de um garotinho lindo que tem quase 11 meses e que é um bebê muito saudável e bem nutrido que nunca teve nenhum resfriado, graças a tudo que leio e que me informo nessa internet da vida para poder dar e fazer o melhor pra ele, e ainda, indo mais além, fui criada com uma alimentação super balanceada, e saudável… Minha mãe é técnica em nutrição e quando mais nova, trabalhava em hospitais fazendo cardápios, (acho que herdei isso dela) por que educação alimentar vem de berço, não adianta você fazer a papinha do seu filho com muitos legumes e verduras, sem gordura, sem sal, não dar açúcar, enfim, e depois sentar do lado dele e comer um hambúrguer com batata frita e milk shake. Na minha casa sempre tivemos o hábito de comer de 3 em 3 horas, comer frutas no café da manhã, tomar suco ao invés de refrigerante, no almoço era de lei ter sempre, arroz, feijão, uma carne (ou frango ou peixe ou de boi), legumes, e uma saladona, isso eu levo até hoje, sou apaixonada por salada, troco qualquer coisa por um pratão de salada, meu marido até me “zoa” por causa disso… Sobremesa, na minha casa era raro de ter, mas não porque minha mãe era preguiçosa, ou coisa do tipo, ela dizia, quer sobremesa? come uma fruta. Claro que eu adolescente, comia sim, meus biscoitos recheados, minhas balinhas (que eu adoro inclusive rs) Mas o que aconteceu, eu não criei células de gordura quando mais nova, acho que um dos motivos de eu ter sido sempre magrinha.  Esses dias assistindo aquele programa Bem estar, o médico que estava lá, falou sobre isso… As células de gordura depois que elas nascem, elas não morrem mais, o máximo que acontece é ela murchar ou seja, a criança que adquire células de gordura enquanto nova, vai levar essa gordura pro resto da vida dela, tendo que ter cuidado com a alimentação pro resto da sua vida para não se tornar gordinho (e o se tornar gordinho é  dos problemas o menor), a gordura pode causar uma série de outras graves doenças.
Bom, agora indo ao real assunto que queria falar por aqui…

Dia desses vi pelo facebook da vida, uma mãe que acho que é até blogueira também, mostrando uma receita que o pediatra do filho passou: era banana, com Karo, biscoito de maizena e leite condensado se não me engano era isso (se estiver errada e alguém souber por favor me corrija). Pensei na hora, meu Deus me avisa que pediatra é esse pra eu passar longe, e juro que não imaginava que isso seria mais comum do que eu pensava. 
Conversando com uma amiga esses dias ela me disse:
Levei a minha bebê no pediatra, ela liberou sorvete, manjar, açúcar orgânico ou mascavo e gente o que me deixou mais preocupada CAFÉ. a bebê dela tem 9 meses recém completados. E pudim de leite condensado foi liberado aos 6 meses.
Tentei convencer a ela de que não desse nada disso pra bebê dela, mas mãe gente é um bichinho complicado, até mesmo porque vamos pensar, porque dar idéia pra uma pessoa que faz Design de Moda e que se mete em nutrição como eu, se uma pediatra super renomada, das antigas falou que pode, então pode. Mas como eu não me contento e não consigo ficar quieta, o que eu fiz? fui procurar ajuda com a minha “salvadora” da pátria, que sempre quando tenho dúvidas eu perturbo a Nutricionista Infantil Karine Nunes do blog Nutrição Infantil, mandei um email pra ela pedindo a opinião dela sobre esse assunto e a resposta dela foi a seguinte:

OMG!!!!
Tem pediatra doido por aí…… de verdade…. podem ser bons em diagnosticar, medicar, mas o que tem de pediatra indicando umas maluquices na alimentação dos bebês… Thaís, vc tem toda a razão!
O Guia alimentar brasileiro para menores de 2 anos indica o não consumo de açúcar – nem o mascavo!!!!!! (e está na receita da maior parte dos alimentos) e nem café, peloamordeDeus! Não pode dar café antes dos 2 anos. Depois, só um pouquinho, pouquinho mesmo, e só de manhã – se fizer muita questão.
Gente, isso me deixa preocupada sabe…. porque não falo isso pq sou chata ou “natureba”, nem sou…. mas isso que te escrevi é consenso, tem em manual, seria obrigatório todo profissional da área da saúde que cuida de criança saber… ou no mínimo, as nutris e os pediatras. Tá escrito lá nos manuais da Sociedade Brasileira de Pediatria… esses pediatras não se atualizam, só pode ser isso.
Fico muito feliz de existirem mães como vc Thais. Seu blog de comida saudável e real pro Dudu é uma benção, e as mães aprendem com vc não como uma pessoa que impõe, e sim, que tem experiência no assunto, vive isso diariamente.
Converse com sua amiga direitinho, fazer coisa errada agora pode ser decisivo para a saúde do filho dela depois. De verdade. Atendo cada caso que vou te contar. Tenho pelo menos 5 pacientes com 2 anos, peso normal, e colesterol nas alturas. Super complicado. E verdadeiro. Sem falar nos obesinhos, que são discriminados deste sua casa, com a própria família, que acha que a criança não tem “força de vontade”. Quem sofre depois é a criança.
Desculpe o desabafo, estou sensível (rsrsrs) pois acabei de voltar do meu trabalho em grupo com as adolescentes obesas, e sofro junto com elas. Não é fácil.
Oriente ela a dar a comida mais descomplicada possível: leite, papinha, fruta, algum pãozinho, iogurte… pra que complicar, não?
Beijos especiais pra vc!

Karine Nunes Costa Durães

Nutricionista 

Pós graduada em Nutrição Clínica em Pediatria 

pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP
Membro do Comitê Técnico Científico da Associação Paulista de Nutrição
CRN 19559


OBS: não to falando que a pediatra da sua filha é ruim, até porque já ouvi falar dela e bem. Só quero alertar para que filtrem o que acham certo e o que não acham certo.



a lembrei de uma outra coisa que me assustou, uma mãe em  um site desses de bebê, ensinava as outras mamães a papinha preferida da filha dela de 5 meses. “você pica os legumes e coloca um caldo KNORR,  coloca tudo na panela de pressão e depois bate tudo no liquidificador” .

Nesse caso o bater no liquidificador pra mim é o de menos, Mamães por favor, caldo Knorr NÃO… de forma alguma utilize pra papinha do seu bebê.  Ensino a fazer um caldo de carne natural aqui


Então gente aqui fica meu apelo, por favor, quando desconfiar que tem alguma coisa errada, se informe, pergunte, e o mais importante  siga sua intuição de mãe acima de tudo, nós sempre estamos certas por que nosso amor é tão grande que nosso instinto não falha.


Qualquer dúvida podem me perguntar, seu eu não souber eu corro na Karine…rsrsr

Beijos em todos e um ótimo Domingo!!!

Destaque do Mês

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.